ForMobile faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Retorno ao escritório pós covid-19

COVID-19: como garantir um retorno seguro ao escritório?

Garantir o retorno seguro ao escritório é fundamental para manter o bem-estar e a saúde dos colaboradores. Saiba mais!

Se a sua empresa está retomando as atividades presenciais, é fundamental preparar o ambiente de trabalho para evitar a contaminação de funcionários, clientes e fornecedores. Garantir um retorno seguro ao escritório é essencial nesse momento.

De acordo com Enrico Vacaro, do marketing da RL Higiene, entre as ações mais importantes estão "incentivar que todos lavem as mãos com frequência, estabelecer um protocolo/plano de limpeza que será passado para os operadores e estimular o protagonismo de cada colaborador em relação à limpeza dos espaços coletivos e privados, entendendo a limpeza como responsabilidade também do indivíduo".

Retorno seguro ao escritório de arquitetura: cuidados importantes

A seguir, veja outras indicações de como garantir um retorno seguro ao escritório de arquitetura.

1. Rodízio de funcionários e home office

A recomendação é realizar o revezamento de colaboradores, de modo a evitar que muitas pessoas compartilhem do ambiente concomitantemente.

Ainda, quando possível, deve-se manter o home office para parte das equipes, especialmente para colaboradores mais idosos ou que apresentem condições médicas como diabetes, doença cardíaca e pulmonar. Aqueles que apresentarem sintomas compatíveis com o novo coronavírus (mesmo que leves) também devem permanecer em isolamento em casa.

Um estudo da Fundação Getulio Vargas (FGV) indica que o modelo de trabalho remoto deverá aumentar até 30% no período pós-pandemia, então, esse também é o momento de testar e fazer adequações para que o regime laboral funcione da melhor forma possível no seu escritório.

2. Disponibilização de itens de proteção

Para garantir um retorno seguro ao escritório, é importante disponibilizar álcool em gel em dispensers ou outros suportes espalhados pela empresa, em locais de grande visibilidade.

"Recomendamos álcool em gel 70% de boa qualidade, evitando-se aqueles que deixam a mão grudenta, com cheiro forte e ressecadas", indica Vacaro.

Se possível, prover máscaras descartáveis ou kits com máscaras de tecido também pode ajudar a garantir um retorno seguro ao escritório. Ainda, lenços de papel e lixeiras com tampa também devem estar à disposição dos funcionários.

Algumas empresas têm adotado a aferição de temperatura corporal antes de colaboradores e visitantes ingressarem no espaço interno, e, se for possível, essa também é uma medida que ajuda a garantir um retorno mais seguro às atividades presenciais.

3. Ações educativas

Você tem o costume de desenvolver e compartilhar com os profissionais de sua empresa cartilhas de orientação? Esse pode ser um bom momento para adotar essa ação de marketing interno alertando sobre comportamentos seguros, tais como manter as mãos sempre limpas e manter hábitos de higiene respiratória.

"É fundamental lembrar a equipe de que a higiene das mãos é a medida mais importante no controle de infecções, segundo a OMS. Lavá-las com água, sabão e secá-las com papel toalha são ações indispensáveis e tão eficientes quanto o álcool em gel. Também deve ser recomendado não utilizar secadores de mãos, pois esses colaboram com a proliferação de bactérias no ar", afirma o representante da RL Higiene.

No site da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), escritório regional da Organização Mundial da Saúde (OMS) para as Américas, há diversos materiais sobre as práticas recomendadas para prevenção que você pode utilizar como referência.

Além disso, crie um ambiente de diálogo aberto e de apoio social e emocional entre colaboradores, de modo que a formar uma rede de suporte para evitar agravo de ansiedade, estresse e outros distúrbios.

4. Cuidados e ajustes no ambiente para um retorno seguro ao escritório

Se for necessário, faça uma remodelagem dos ambientes para garantir o distanciamento mínimo de um metro entre as pessoas. Para elevar a proteção, utilizar painéis divisores autoportantes também pode ser uma boa ideia.

"Os escritórios de arquitetura normalmente têm mesas grandes e espaços relativamente grandes para os colaboradores (quando comparados aos de outros segmentos), o que torna a composição do escritório menos impactante num cenário de distanciamento social. Por outro lado, a grande quantidade de papéis, amostras e outros materiais potencializa o risco de contaminação das estações de trabalho. Segundo a Universidade do Arizona, as estações de trabalho abrigam mais de 10 milhões de germes. O tempo de vida dos microrganismos pode chegar a semanas ou meses, o que aumenta o risco de transmissão de doenças, leva à queda de produtividade e ao absenteísmo", destaca o especialista da RL Higiene para reforçar a importante da adoção de uma rotina rígida de limpeza.

Para garantir um retorno seguro ao escritório, portanto, é essencial fazer a higienização frequente de superfícies (como corrimãos, maçanetas, interruptores, mesas, teclados e telefones) com desinfetante.

"É preciso intensificar a limpeza, torná-la mais frequente e eficiente. Ainda, deve-se estabelecer um protocolo/plano de limpeza - que será passado para os operadores. Esse plano deve contemplar os produtos a serem utilizados para a limpeza de cada superfície, frequência, diluições e rotinas.

A limpeza de superfícies é primordial já que o vírus sobrevive em algumas delas (não se sabe ao certo o tempo de sobrevivência em cada material). Indicamos fortemente que os escritórios utilizem produtos profissionais. No caso dos químicos, opte por aqueles que tenham tempo de ação sobre a superfície, como, por exemplo, os produtos cuja composição tenha peróxido de hidrogênio, quaternário de amônia, biguanida, álcool 70% e aqueles dois em um, que limpam e desinfetam. A atenção aos rótulos é essencial. Desinfetantes com peróxido são bons para estações de trabalho, teclados, celulares, telas, maçanetas e outros locais de contato. Também indica-se dar prioridade a produtos que deixem efeito residual e que sejam pouco agressivos ao patrimônio", resume Vacaro.

Além disso, quando possível, manter janelas abertas para que os espaços fiquem arejados e bem ventilados é uma boa solução para que haja uma circulação de ar adequada. Instalar sensores de presença para a abertura e o fechamento automatizado de portas é outra ação positiva, que evita que as pessoas tenham que utilizar as mãos para essas funções.

Para saber mais sobre como garantir um retorno seguro ao escritório de arquitetura e como será o novo normal desse setor, leia também nosso artigo sobre o universo da arquitetura e do design pós-pandemia.

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar