ForMóbile faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

De cano furado a medidas erradas: perrengues são parte das obras

perrengues na obra formóbile xperience.png
Quem nunca passou por um perrengue durante uma obra, que atire a primeira pedra! Confira como resolver e evitar esses problemas.

Quem nunca passou por um perrengue durante uma obra que atire a primeira pedra! Esses percalços acontecem com todo profissional por mais experiente que seja, a questão é saber como lidar e resolver os problemas. Sabendo disso, um trio que trabalha junto há cinco anos trata com muita diversão as histórias dos problemas enfrentados na carreira. Acompanhe e identifique-se com esse bate-papo descontraído que aconteceu durante o terceiro dia da ForMóbile Xperience 2020.

Na conversa com a Juliana Vicente, gerente de marketing da Feira ForMóbile, a designer de interiores Sabrina Shimoda lembrou de um recado recebido no início da carreira. “Um colega me avisou que toda obra tem problema e é melhor que apareça no começo. Eu sofria, mas com o tempo vi que existem muitas variáveis numa obra e não há controle sobre tudo.”

O maior aprendizado é que tudo tem solução. “É possível prever alguns problemas que você já vê que podem aparecer”, complementa Vinícius Katagi, engenheiro na APTO Reformas.

Voltagem dos equipamentos

Paulo Kussaba, engenheiro na APTO Reformas, lembra de situações em que teve de abrir o quadro de força e fazer uma extensão numa obra devido a furadeira ter voltagem diferente. Ele só conseguiu o feito e, assim, desenrolar o dia de trabalho, por ter conhecimento de elétrica. Como evitar esse tipo de perrengue? “Andar com transformador e padronizar os equipamentos em 220V”.

Cano furado

Sabrina passou por uma experiência “traumatizante” em uma obra de apartamento antigo sem a planta, em pleno final de uma sexta-feira. “O cliente pediu para confiar na indicação do funcionário da manutenção, mas não deu certo e o cano furou. Tive de pedir para desligar o registro de água do prédio, foi caótico”, recorda.  Imediatamente, a atitude da profissional foi resolver com uma troca da peça.

Elevador

Elevador de serviço pequeno é um problema. “Tive um caso com duas portas de closet que não couberam no elevador, de um cliente do 34º andar. Os entregadores ficaram assustados, mas tiveram de subir todos os andares pela escada. Foram necessários dois dias, em cada um subiu uma porta”, relata Sabrina.

A recomendação nesse caso é sempre ter a medida completa do elevador (altura, profundidade e diagonal) e quando não dá, fazer uso do içamento. Mas tudo isso tem de saber de antemão, não pode ser na hora para não passar por um momento de estresse.

 

O trio também já enfrentou problemas com medidas erradas. Quer saber como foi isso? Assista o bate-papo completo na gravação da ForMóbile Xperience 2020.

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar