ForMóbile faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Tendências para cozinhas em 2022

Tendências para cozinhas em 2022.png
As tendências que surgem a partir de novos estilos de vida também impactam o design de interiores. As cozinhas são especialmente influenciadas por estes hábitos

Espaços inteligentes e agradáveis: descubra as principais tendências para cozinhas em 2022 que logo vão moldar os projetos de design de interiores! 

Entusiasmo por cozinhas sustentáveis 

Uma das tendências mais populares no último ano foi o desejo por produtos sustentáveis e resistentes, que suportem o teste do tempo. Em uma era caracterizada pela crise climática e diversos movimentos preocupados com esta causa, mais pessoas se demonstram interessadas no tópico sustentabilidade e ativamente se envolvem com ações práticas pelo ambiente, adotando um novo estilo de vida. 

Como resultado, projetos atemporais e de alta qualidade nas cozinhas estão se tornando mais importantes, assim como a marcenaria tradicional e os produtos fabricados localmente. 

Outro elemento nessa tendência é o ritmo acelerado da digitalização. Depois de muitas horas em frente ao computador, seja em casa ou no escritório, não é surpresa que desejamos por ambientes mais naturais e aconchegantes. E deveríamos encontrar essa sensação de conforto também em nossas cozinhas. 

Materiais naturais como madeira, combinados com superfícies agradáveis ao toque, tons terrosos como verde oliva e terracota e um toque de minimalismo tornam a cozinha em um espaço para cozinhar, comer e conviver. 

Mindfulness e design sensorial 

O dia a dia já envolve um certo esforço e até momentos de estresse. No futuro, criar uma atmosfera calma na cozinha será ainda mais importante para conferir o sentimento de equilíbrio. O consumo excessivo pertence ao passado – atualmente, estamos mais interessados em limitar os objetos a nossa volta para aqueles poucos mais importantes e que realmente trazem valor.  

Focando no design de cozinhas, a tendência de mindfulness (atenção plena) é refletida em esquemas de cores monocromáticas e em estilos de design de interiores mais minimalistas. Além disso, os eletrodomésticos como geladeiras, freezers e lava-louças são escondidos por trás de armários planejados e embutidos, assim como os exaustores e depuradores são integrados de forma mais harmônica, sendo puxados apenas no momento de uso.

Tendências para 2022_Amin Hasani.png

Photo by Amin Hasani on Unsplash 

Mas os designs de cozinhas mais tranquilos podem fazer ainda mais: o mix de sentidos e sensações aplicados através do design sensorial pode ser pensado para cobrir diversos ângulos e espaços. Isso significa que, quando aplicadas em designs monocromáticos, as cores terrosas e a presença de um número limitado de objetos produzem um clima calmo e que envolve os sentidos.  

Em uma dita “cozinha sensorial”, é possível interagir através das percepções e sensações aproveitando a textura de superfícies, sentindo aromas agradáveis e provando a comida. O conceito do design sensorial em uma cozinha também pode ser estendido para uma temperatura ambiente mais confortável e aos sons relaxantes, como de água corrente ou música de fundo. 

A conectividade e as cozinhas inteligentes 

As megatendências de digitalização e conectividade, à primeira vista, podem parecer contraditórias ao lado do mindfulness e o relaxamento no dia a dia. Ainda assim, é esperado que estas tendências marquem presença nas cozinhas através de eletrodomésticos conectados. 

Produtos digitais, especialmente desenvolvidos para cozinhas altamente tecnológicas, estão surgindo rapidamente como elementos marcantes no design de interiores. Incluindo geladeiras integradas com sistemas de pedidos e compras de comida ou micro-ondas com comandos de voz. Digitalização e conectividade não necessariamente são fontes de estresse. Pelo contrário, elas podem aumentar a eficiência e segurança economizando tempo. 

Como complemento a essa tecnologia, móveis modulares e multifuncionais ainda são populares já que oferecem uma boa flexibilidade para as atividades na cozinha e enquanto economizam espaço. Essas características são observadas em bancadas retráteis, mesas ajustáveis e armários em cantinhos que aproveitam todos os espaços disponíveis. 

Segundo especialistas da associação alemã Arbeitsgemeinschaft Die Moderne Küche e.V. (AMK), o mobiliário flexível pode tornar a cozinha um ambiente atrativo e funcional para trabalhar em casa. De fato, as tendências para cozinhas em 2022 incluem gavetas retráteis para notebooks, bancadas de altura ajustável e luzes embutidas para uma iluminação adequada ao trabalho. 

Socialização e espaço verde

A empresa alemã de pesquisas e tendências Zukunftsinstitut destaca o “urban farming” como uma tendência social particularmente inovadora para 2022. Ela prevê para as cozinhas o papel de ser também o espaço em que podemos cultivar a própria comida. O desejo de ter um local para produzir os alimentos e se alimentar de forma saudável está em crescimento. 

Seja com jardins de ervas ou projetos de cultivo dentro de casa, cada vez mais elementos verdes aparecerão em varandas e pátios próximos às cozinhas, ou em peitoris de janelas ou qualquer outro espaço. A cozinha está destinada a ser o próximo oásis verde, e não só isso: em vizinhanças e bairros específicos, mais comunidades se unirão para cuidar de projetos de urban farming (agricultura urbana). 

Cozinhas também serão utilizadas como espaços confortáveis para reuniões. Uma mesa de jantar grande ou uma ilha espaçosa são ideais para isso. Dividir o espaço de forma inteligente entre áreas de trabalho e de jantar transformam a cozinha em um ambiente flexível e um ponto de encontro e socialização para todos.

Tendências para cozinhas e espaço verde_Laurence Katz.png

Photo by Laurence Katz on Unsplash
 

Cozinha de gênero neutro 

O empoderamento feminino e o design de gênero neutro continuam a ser tópicos altamente influentes na sociedade moderna. Os papéis atribuídos a cada gênero já não são tão rígidos. Por exemplo, a maioria das pessoas tem interesse em cozinhar hoje em dia.  

Para os especialistas da AMK, para os homens o foco sempre foi em designs para cozinhas utilizando tecnologia de última geração, em eletrodomésticos, fogão de indução, geladeiras conectadas e afins. Para muitas mulheres, por outro lado, o ideal é ter uma cozinha confortável com detalhes em madeira, acessórios decorativos como vasos de ervas e potes de vidro com grãos e outros alimentos. 

Apesar destas diferenças, os interesses estão cada vez mais semelhantes. No momento, com foco em economizar e otimizar espaço, design ergonômico e utilizar o ambiente com flexibilidade. Os papéis de gênero continuarão a se mesclar no trabalho e em casa. 

As tendências para cozinhas em 2022 apresentam variedade! 

As pessoas estão preocupadas com sustentabilidade, papéis ultrapassados estão sendo superados e a tendência é uma procura maior por liberdade. Móveis flexíveis, assim como a comida caseira, estão transformando a cozinha em um refúgio doméstico e versátil, onde as pessoas podem aproveitar para passar um tempo socializando. 

Um novo sentimento de apreciação também tem representado um papel importante nos designs do futuro, já que o consumo excessivo não está em alta. A conectividade e os produtos high-tech nos ajudam a viver e cozinhar de forma mais eficiente e ainda economizando energia.


Originalmente publicado em imm cologne, traduzido e adaptado por ForMóbile Digital 

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar