ForMóbile faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Detalhes e cuidados no projeto para restaurante

Detalhes e cuidados no projeto para restaurante.png
Um projeto para restaurante precisa atender a alguns pontos específicos. Saiba mais

Elaborar um projeto para restaurante é uma boa oportunidade, porém que demanda conhecimentos e referências mais específicas para o arquiteto ou designer de interiores.

Afinal, mais do que conceber um local para realizar refeições, o projeto para restaurante requer instigar os sentidos e envolver o público no desejo de entrar, permanecer e voltar ao local.

Com isso, o projeto arquitetônico e de decoração para restaurantes deve levar em conta a criação de um espaço no qual o público irá consumir não só a gastronomia e a culinária do lugar, mas toda a experiência ali oferecida.

Para isso, é preciso ter alguns cuidados, incluindo os que apresentaremos a seguir.

1. Um projeto para restaurante deve traduzir a identidade do estabelecimento

Entender o conceito do negócio é um passo importante para conceber um projeto para restaurante.

"Isso significa saber qual é o tipo de gastronomia servida, a qual público ele é destinado, qual é a história da marca e a inspiração para o cardápio, como ela se conecta ao local e à comunidade em torno do restaurante e quais são seus valores", explica a arquiteta Suzana Duarte.

Este cuidado ajudará a criar uma experiência única que contribuirá para diferenciar o estabelecimento de outros, ainda que com cardápios semelhantes.

2. Funcionalidade

O projeto arquitetônico e de decoração de restaurantes também deve levar em conta a utilização efetiva do espaço.

E isso inclui não só o salão principal como, também, a área destinada ao preparo dos alimentos, a cozinha propriamente dita, banheiros e áreas de circulação.

A especialista indica que "cada espaço deve estar alinhado à identidade do estabelecimento, mas primando por possibilitar e otimizar a sua funcionalidade".

3. Acústica de um projeto para restaurante

Da personalidade do estabelecimento também depende a acústica do lugar – e vice-versa.

Dessa forma, um barzinho em uma área boêmia da cidade geralmente é afeito ao barulho das conversas entre os consumidores, até do som de bandas ao vivo. Para isso, um tipo de acústica é necessário.

Já para um restaurante mais reservado, ainda que o silêncio não seja o ideal, até porque o cliente não vai querer que sua conversa seja compartilhada com os desconhecidos da mesa ao lado, será preciso desenvolver um projeto acústico diferenciado, que permita que a conversa flua com facilidade na mesa, porém com um som ambiente agradável como trilha.

Há diversos caminhos para isso. Desde a opção por um piso acarpetado para maior absorção do som e um layout com distanciamento adequado das mesas até a aplicação de espumas acústicas em paredes.

"Uma dica importante é sempre lembrar de que restaurantes são locais com risco de fogo, já que concentram muito calor dos fogões, fritadeiras e de outros equipamentos. Por isso, deve-se ter como critério utilizar materiais resistentes ao fogo, inclusive, no projeto acústico", ressalta Duarte.

4. Iluminação no projeto para restaurantes

Você sabia que a luz influencia o comportamento das pessoas? Uma iluminação ambiente, por exemplo, pode incentivar uma percepção mais intimista.

Ainda, a disposição uniforme das luzes em um local possibilita que todas as superfícies fiquem iluminadas, criando a percepção de mais espaço. Já a distribuição variada de pontos de luz, com luminárias em paredes e nível baixo de potência, tem o efeito de potencializar o relaxamento.

Se você deseja criar uma atmosfera romântica, adicionar velas para iluminação difusa também pode ser uma ideia inspiradora de decoração de restaurantes. Já se o projeto é para um estabelecimento descontraído e moderno, utilizar o apoio de luzes de neon pode contribuir para os objetivos desejados.

Além disso, é indispensável lembrar de que a iluminação ajuda no projeto de acessibilidade do estabelecimento, de modo a tornar caminhos e espaços mais visíveis e seguros para os frequentadores.

5. Cores na decoração e no projeto para restaurantes

As cores também têm o poder de provocar sensações nas pessoas. Por isso, a importância de seu uso cuidadoso na decoração e no projeto para restaurantes.

"O vermelho, por exemplo, colabora para o aumento dos batimentos cardíacos e pode ajudar a abrir o apetite. Por sua vez, o laranja remete ao conforto. Já os tons claros ou neutros ampliam o espaço e reduzem a sobrecarga visual. As cores terrosas intensificam os sentimentos de calor e acolhimento", ilustra a especialista

A arquiteta alerta também que "não se deve considerar apenas esse tipo de associação, deixando de lado a identidade visual da marca e a harmonização estética do local".

Portanto, um bom projeto arquitetônico e de decoração para restaurantes concentra particularidades que necessitam de toda a atenção do profissional. E ela deve estar focada, em linhas gerais, na experiência que o estabelecimento quer oferecer a seu público-alvo.

Para mais dicas sobre os detalhes e cuidados importantes em um projeto para restaurante, continue acompanhando o nosso canal de conteúdo.

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar