ForMobile faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

vidro-design-moveis-formobile

Vidro no design de móveis: você sabe como aplicar o material?

A associação entre a madeira e o vidro já é uma realidade no mercado de móveis brasileiro. Os dois materiais apresentam diversas possibilidades de aplicação, além de serem duráveis e se complementarem, agregando qualidade às peças e, também, maior sustentabilidade. Afinal, não concentrar as atividades de uma indústria em uma única matéria-prima traz muitos benefícios para o meio ambiente, sobretudo nos tempos de hoje.

"Se queremos um produto transparente, com alto grau de inovação, sofisticação e alto valor agregado, seguramente, o vidro é uma das melhores opções", defende Christian Ullmann, designer de produto, professor de design e coordenador do Núcleo Exploratório do Instituto Europeo di Design - IED.

Mas como  as empresas do setor podem aproveitar esse tipo de material versátil e 100% reciclável na fabricação de móveis variados? Acompanhe!

Vantagens e desvantagens de utilizar o vidro em móveis

Surpresa, estética, inovação, modelagem, sofisticação e curiosidade são algumas das variáveis que o mercado de móveis procura para cada nova coleção. E materiais como o vidro vêm sendo cada vez mais aplicados na indústria moveleira, justamente por agregarem tais valores e estarem sempre entre as tendências apresentadas em grandes feiras, como o Salão de Móveis de Milão.

Uma das principais vantagens do vidro para o mercado de móveis é a ideia de transparência, nobreza e versatilidade que ele transmite. Essas qualidades são muito procuradas pelos consumidores e fazem da matéria-prima uma parceira ideal para a madeira.

"A madeira é um material cálido, confortável, resistente e seguro. Já o vidro, tem uma relação diferente com as pessoas. Ele é frio, duro e frágil. A diversidade de materiais e de processos traz emoção, intensidade e todos os ganhos que um bom produto pode acrescentar", afirma o especialista.

Apesar das qualidades, o vidro é um material não renovável e, embora seja 100% reciclado e, provavelmente, um dos três melhores materiais da natureza para reciclar, o seu processo de reciclagem ainda consome muita energia.

Além disso, não são todos os tipos de móveis que podem ser produzidos com vidro. Eles acabam tendo mais restrições técnicas construtivas e de peso, se comparado com a diversidade apresentada pela madeira brasileira.

Os móveis feitos só de vidro

O vidro utilizado na fabricação de móveis pode agregar elegância e sofisticação para qualquer ambiente. Com maior durabilidade e com esforço mínimo de manutenção, as peças feitas apenas de vidro podem ser superiores às de madeira ou às de aço, que se desgastam com o tempo.

Apesar de ter um custo de investimento maior na hora da compra,  o consumidor que adquirir um móvel de vidro não terá problemas importantes causados por cupins, desgaste solar ou manchas, o que aumenta sua funcionalidade e economia a longo prazo.

Mas antes de incluí-lo na linha de produção da sua indústria de móveis, vale a pena ficar atento aos diferentes tipos de vidro disponíveis no mercado. O vidro comum, por ser mais frágil e gerar estilhaços e cacos cortantes perigosos em caso de quebra, não é o mais adequado para o uso em móveis. No entanto, por ser mais maleável, pode ser cortado, polido e perfurado, mesmo após a dobra e o recozimento.

Os vidros de segurança, como o temperado ou o laminado, são formados a partir de uma folha comum, cortada exatamente no tamanho necessário. O vidro é, então, aquecido e, rapidamente, resfriado, o que confere maior resistência e melhores características de ruptura.

Quando esse vidro é quebrado, o estresse é liberado explosivamente, gerando estilhaços na forma de pequenos cubos com cantos arredondados, que são relativamente inofensivos. A desvantagem é que o vidro de segurança é mais caro do que o comum e não admite dimensões erradas, pois não pode ser cortado.

Quer saber mais sobre a aplicação do vidro ou de outros tipos de materiais na fabricação de móveis? Continue acompanhando o nosso canal de conteúdo e confira dicas para fazer a sua indústria crescer.  

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar