ForMobile faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

DIY_artigo_iba_formobile

Novos hábitos, desejos de exclusividade e sustentabilidade reforçam a bricolagem com madeira

Vivemos a era de um novo consumidor, mais consciente e mais preocupado com a própria saúde e com a saúde do mundo. Essa postura tem resultado em comportamentos de consumo diferente, alguns já consolidados e outros que estão se popularizando. Esse novo consumidor que quer ser saudável, prepara a sua própria comida, se aventura na fabricação de cerveja, troca fermento levin de pão com os amigos e alguns até fazem o próprio queijo. Vimos esse movimento forte na gastronomia com as pessoas se empoderando do que se alimentam, entendendo melhor e sendo mais ativo no processo de preparação,  investindo nas hortas, na composteira doméstica, etc.

Essa mania de ser saudável e de ser ativo se expandiu, e é crescente o movimento DIY (Do it yourself) também na marcenaria e decoração de ambiente.

Esse caminho é uma bandeira contra o desperdício e um desejo de entender e participar de todo o processo. É também um retorno para uma vida mais simples, reconectando com as memórias físicas de momentos menos tóxicos da humanidade. Começa com prateleiras, pode passar para móveis, decoração com revestimento de paredes e a construção da própria horta vertical.

Trabalhos em madeira, artesanato, bricolagem e outros projetos fazem da casa desse consumidor um reflexo ímpar da pessoa e também se materializa em presentes exclusivos. É um retrato da geração faça você mesmo. Em um mundo digitalizado, a sensação reconfortante de entregar um projeto de um móvel finalizado é inigualável.

E com as mídias sociais, como Instagram e Pinterest, muita troca de tendências está ocorrendo, e os tutoriais nos canais de vídeo, como Youtube, ajudam os curiosos.

O setor de base florestal só tem a comemorar. O Brasil é destaque mundial na fabricação de painéis de madeira reconstituída a partir de árvores plantadas com contínuos investimentos em tecnologia e automação das empresas e processos produtivos. Os painéis de madeira brasileiros são feitos com as melhores práticas e operações florestais, contando com certificações internacionais, além de selos de qualidade, como Programa Setorial da Qualidade de Painéis de Madeira MDF e MDP, com reconhecimento governamental do Ministério das Cidades.

Além disso, segundo dados da World Wide Fund for Nature (WWF), 47% das emissões de gases de efeito estufa são oriundos da construção civil. O uso de produtos de origem sustentável reduzem radicalmente essas emissões. As árvores plantadas para fins industriais captam os gases de efeito estufa, gerando produtos com uma pegada ecológica positiva.

A madeira é um importante aliado para deixar a decoração personalizada e o ambiente mais aconchegante. Estudos no Japão indicam que as pessoas dormem melhor e aprendem mais em ambientes com madeira. As empresas oferecem painéis de madeira com diversas texturas e cores que podem compor ambientes variados, desde os mais arrojados até os clássicos.

O brasileiro já está abraçando o conceito do faça você mesmo. Mas é importante lembrar que é preciso usar ferramentas adequadas para o trabalho, sempre com os equipamentos de segurança necessários. Os painéis têm textura, resistência e aplicações diversas, são para móveis, artesanatos e revestimentos em geral. Por isso, é importante pesquisar, consultar um especialista, conversar com amigos, ver dicas na internet. Assim como outros processos de DIY, a troca de experiência é fundamental, fortalece a comunidade e a prática.

___________________________________________________________________________________________

Elizabeth de Carvalhaes é Presidente Executiva da Ibá (Indústria Brasileira de Árvores) e presidente da Comissão de Meio Ambiente e Energia da International Chamber of Commerce (ICC) do Brasil.

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar