ForMobile faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Aluguel de móveis

Aluguel de móveis: saiba mais sobre essa tendência global

O aluguel de móveis para residências já é um negócio bastante consolidado em países como os Estados Unidos e a Suécia. Saiba mais como a

O aluguel de móveis para residências já é um negócio bastante consolidado em países como os Estados Unidos e a Suécia. No Brasil, esse sistema é uma tendência que veio para ficar como um novo jeito de consumir, já que uma das características dos millennials é exatamente o conforto sem tanto apego ao bem material. De fato, essa geração, de modo geral, tem o desejo de usufruir e não de possuir. Ou seja cria-se potencial para um novo nicho de mercado.

Esse tipo de serviço pode ser também uma opção vantajosa para quem vai receber parentes para uma temporada ou até mesmo vai para uma cidade por tempo determinado para estudar ou trabalhar. 

“Não queremos mais ter a propriedade dos bens e sim acesso a eles. Por isso, o crescimento de empresas que oferecem soluções de acesso e ‘como serviço’, que não é nada mais do que a locação do bem”, pontua Pamela Paz, CEO da John Richard Office & Home.

A especialista ainda afirma que “o aluguel de móveis proporciona ao consumidor agilidade, flexibilidade, escolha e, o mais importante, tempo”.

Como funciona o serviço de aluguel de móveis?

A locação de móveis é um serviço que acontece mediante a assinatura de contrato entre cliente pessoa física ou jurídica e empresa fornecedora. A partir disso, o contratante passa a ter acesso a determinados bens, frequentemente com a possibilidade durante o período de locação de realizar trocas, comprar ou devolver os móveis para as empresas.

A quantidade a ser adquirida pelo consumidor, bem como o tipo de móveis, estará presente no plano de assinatura estabelecido pela empresa. O negócio é tão rentável que a John Richard, uma das empresas que atua nesse nicho no Brasil, expandiu sua operação neste ano, passando a contar com sete unidades.

Quando a assinatura do contrato termina, os móveis são entregues e retirados conforme acordo firmado entre empresa e locatário, de modo que o consumidor não seja responsabilizado por essa etapa. Comumente a empresa locatária se encarrega de todo o transporte sem custo.

As novas gerações são mais flexíveis quanto à questão de posse e moradia, e, de modo geral, preferem não ter essa preocupação com a contratação de mudança, possibilitando que se mudem com maior facilidade e rapidez.

Ainda, o sistema permite também que a entrega dos móveis da casa anterior seja feita no novo lar ou que se contrate novas peças mais adequadas ao ambiente do novo endereço, o que possibilita maior mobilidade e grande comodidade.

Viabilidade financeira é um grande atrativo para o cliente 

A economia, nesse negócio, é um ponto a ser destacado, uma vez que os móveis de boa qualidade são caros e existe uma grande desvalorização deles quando o consumidor quer se desfazer de algo. 

Assim, muitas vezes, o custo da assinatura acaba sendo inferior ao da aquisição do móvel, contando com a vantagem de a pessoa promover trocas no mobiliário, conforme estabelecido em contrato, e não ter de lidar com a sua desvalorização no longo prazo.

Sustentabilidade é outro diferencial do serviço de aluguel de móveis

A sustentabilidade é outro aspecto importante a ser ressaltado quando o assunto é aluguel de móveis, tendo em vista dados como os divulgados pela Agência de Proteção Ambiental (EPA) dos EUA, que indicam que quase dez milhões de toneladas de móveis são abandonados ou jogados em aterros nos Estados Unidos todos os anos.

E, em um contexto no qual a questão da sustentabilidade está cada vez mais em evidência, um serviço que permite que se reduza esse percentual pode ser algo atrativo para o mercado, já que os móveis são movimentados por empresas especializadas que, além de disponibilizá-los para os clientes, os reinventam para que não sejam prontamente descartados.

Como vimos, o aluguel de móveis é um nicho de grande potencial e que promete crescimento que vai além do aluguel para o segmento corporativo ou de eventos, devendo aumentar nos próximos anos também sua participação no nicho residencial.

E então, o que você achou dessa tendência? Para saber mais sobre as mudanças no setor desencadeadas pelas novas gerações, baixe nosso ebook sobre como a geração millennial altera a produção de móveis em série.

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar