• ForMóbile is part of the Informa Markets Division of Informa PLC

    This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

Inovação

Os princípios da Manufatura Avançada na indústria de móveis

Já falamos em outras oportunidades por aqui que a Manufatura Avançada une automação, robótica e as tecnologias mais avançadas para transformar de forma abrangente toda a esfera da produção industrial e que o comprometimento e a participação direta dos donos das empresas da indústria brasileira de móveis são fundamentais para a implementação do processo.

“Eles precisam conhecer as tecnologias, os equipamentos e os softwares disponíveis no mercado, participando de feiras, de cursos de capacitação, consultorias ou, ainda, por intermédio de instituições técnicas do setor. Há, também, a possibilidade de eles usarem as informações disponibilizadas pelos próprios fornecedores”, enfatiza Arthur Guimarães Carneiro, analista técnico da Unidade de Atendimento Setorial da Indústria do Sebrae Nacional.

Mas não é só isso. A Manufatura Avançada possui seis princípios básicos que precisam ser conhecidos pelos profissionais das empresas do setor moveleiro que pretendem incorporá-la à sua realidade. Conheça-os a seguir.

Operar em tempo real

Consiste na aquisição e no tratamento de dados de forma instantânea, permitindo, assim, a tomada de decisões em tempo real.

Virtualização

Permite a rastreabilidade e o monitoramento remoto de todos os processos por meio de sensores espalhados ao longo da planta. É a proposta de uma cópia virtual das fábricas inteligentes.

Descentralização

Corresponde à possibilidade de as tomadas de decisões poderem ser realizadas através de um sistema cyber-físico, de acordo com o andamento da produção, tendo em vista que, além de receber os comandos durante o processo, as tecnologias interligadas poderão fornecer informações sobre os ciclos de trabalho.

Orientação a Serviços

Corresponde à utilização de softwares e serviços aliados ao conceito de Internet of Service.

Modularidade

Refere-se à flexibilidade que passará existir para alterar as tarefas das máquinas e produzir de acordo com a demanda.

Interoperabilidade

É a capacidade de comunicação dos sistemas humanos e das fábricas inteligentes por meio da Internet das Coisas (IoT) e da internet. A tecnologia Cloud (em nuvem) é um dos pilares fundamentais para aquelas indústrias que estão a caminho da Manufatura Avançada.


1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *