• ForMóbile is part of the Informa Markets Division of Informa PLC

    This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

Tendências

Marcenaria criativa: como aplicar o conceito nos projetos?

Descubra como trazer a marcenaria criativa para a sua produção moveleira.

Algumas características do mercado imobiliário atual geram um ambiente amigável para a marcenaria criativa. Sendo uma das principais tendências nos novos empreendimentos, o crescimento da oferta de apartamentos compactos é um exemplo disso. Além de otimizar a questão do alto custo do metro quadrado, esses imóveis refletem mudanças na realidade social contemporânea, como maior índice de solteiros e famílias mais enxutas.

Nesse cenário, fábricas de móveis, arquitetos, designers, marceneiros e profissionais da indústria moveleira precisam se adaptar a esse novo estilo e demanda da população. Projetos de móveis bonitos e funcionais, que possam se adaptar e compor adequadamente tais ambientes, ganham espaço e destaque.

O que é marcenaria criativa?

A marcenaria criativa representa um conjunto de propósitos de marcenaria a fim de produzir peças com valor estético e funcional. Assim, o objetivo é contribuir para a melhor utilização dos espaços e para a boa ornamentação dos ambientes.

Dessa forma, agrega-se tanto beleza quanto utilidade aos móveis projetados. Ou seja: é um modo de valorizar e tornar os ambientes mais práticos – ainda que mais compactos.

Além do aspecto estético e funcional, peças desse tipo ajudam na sensação de amplitude, tão desejada em ambientes mais enxutos. É o que comenta Jucielton Santos, gerente de negócios da J&J Marcenaria. “Soluções multifuncionais, como mesas retráteis, TVs embutidas, cama que vira bancada, etc… Tudo isso valoriza o ambiente, otimizando e ‘criando’ mais espaços para locais pequenos”, ressalta.

Como aplicar a marcenaria criativa em seus projetos?

Para aplicar a marcenaria criativa, é preciso buscar referências e tendências do segmento. Conhecer o que há de mais moderno em termos de design e ferragens é indispensável. Compreender e alinhar expectativas junto ao cliente também é necessário. Quando possível, arquiteto, decorador, designer e marceneiro devem trabalhar em conjunto.

Dessa forma, na hora de criar o projeto é preciso ter clareza sobre sua função, como lembra Cesar Modena, diretor do Instituto Senai de Tecnologia em Madeira e Mobiliário. “A definição das funções que o móvel deve atender é fundamental para um bom desenvolvimento desses produtos”.

Confira algumas ideias de como aplicar esse conceito em seus projetos.

1. Mesa dobrável ou com bancos embutidos

As mesas tradicionais demandam espaço considerável para colocação e utilização. Na marcenaria criativa para um ambiente mais enxuto, peças dobráveis, acionáveis apenas no momento de uso, são boas opções. Além disso, projetos de mesa com bancos embutidos, que podem ser transportados, são algo simples, mas que agrega funcionalidade. Isso é especialmente relevante em ambientes compactos”, completa Modena.

2. Cabeceira com sapateira embutida

Trata-se de uma solução charmosa e funcional para o quarto. Em um projeto de marcenaria criativa, a tradicional cabeceira pode ganhar um assento acolchoado. Essa peça pode funcionar como banqueta ou calçadeira. Além disso, pode ter um compartimento com abertura e divisórias para guarda de sapatos.

3. Estante escada

Estantes mais altas e menos largas estão cada vez mais presentes em ambientes residenciais e corporativos. Porém, é preciso que os itens nas prateleiras ou nichos possam ser alcançados e manuseados com facilidade. Usabilidade e praticidade são as palavras-chave desse tipo de solução.

Dessa forma, em um projeto de marcenaria criativa, a solução pode ser aproveitar a estrutura lateral da peça, embutindo uma escada móvel. Assim, tem-se um projeto esteticamente organizado, tanto funcional quanto decorativo.

4. Cama recolhível ou que vira escrivaninha

A cama, de modo geral, ocupa até 60% do espaço de um quarto. Por isso, nos ambientes compactos, é ainda mais necessária a criação de soluções de otimização. Nesse contexto, camas recolhíveis no sentido longitudinal ou transversal, que se integrem ao design do ambiente, são soluções válidas. Além disso, com o uso de ferragens específicas, é possível transformar a cama, durante o dia, em uma escrivaninha para estudo ou trabalho.

O que você acha do conceito de marcenaria criativa? Pensa em criar projetos com essa proposta? Deixe sua mensagem nos comentários.Sugestões de imagens:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *