ForMóbile faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Quando saber se é o momento para terceirizar o trabalho da sua marcenaria?

Quando saber se e o momento para terceirizar o trabalho da sua marcenaria.png
Terceirizar trabalho na marcenaria é uma prática útil e necessária em algumas situações. Conheça algumas delas!

Terceirizar trabalho na marcenaria é uma boa ideia? Existem profissionais que ainda se mostram resistentes à terceirização, seja na parte técnica ou na parte estratégica. Há pouco tempo, inclusive, nossa legislação permitia a terceirização apenas nas atividades acessórias. Era um indício de que havia preocupação em terceirizar a atividade-fim.

Com as mudanças na lei e no comportamento dos empresários, terceirizar trabalho na marcenaria passou a ser uma opção. Mas quando é o momento certo?

Quando terceirizar trabalho na marcenaria?

Por mais que exista resistência em terceirizar trabalho na marcenaria, o marceneiro precisa trabalhar com os fatos. Há situações em que essa prática aumenta os lucros, diminui despesas fixas ou resolve um problema do próprio negócio.

Por isso, listamos quatro situações em que a terceirização é um bom negócio para os marceneiros.

Quando falta profissional especializado dentro da empresa

O marketing, em qualquer segmento econômico, é uma necessidade cada vez mais essencial. Isso se aplica também ao marketing na marcenaria. Mas nem todo marceneiro é grande o suficiente para ter uma equipe interna para cuidar das ações, certo? Afinal, ter especialistas aumenta o gasto com pessoal, o que pode inviabilizar a própria atividade.

Isso acontece em diversas áreas da empresa, não só no marketing. Por isso, há casos em que a terceirização é muito conveniente. Basta contratar um profissional especialista terceirizado para cuidar das ações do setor.

Quando se quer aumentar a capacidade produtiva

Anderson Rios, consultor e criador do Canal Marcenariando e da Escola da Terceirização, acredita que a falta de mão de obra é um dos fatores que afeta o crescimento da cadeia moveleira. Em sua visão, a terceirização é uma válvula de escape que reduz a necessidade de mão de obra própria. Ele exemplifica:

Um exemplo muito claro seria os serviços de corte e fitamento. Um marceneiro pode terceirizar os serviços de corte e fitamento para armários de cozinha, dormitórios, gabinetes de banheiro, painéis lisos e ripados, aumentando sua capacidade produtiva, sem que para isso seja necessário contratar mais mão de obra, com um bônus extra de qualidade nos serviços prestados, já que as terceirizadoras investem em maquinário de ponta. 

Quando ocorre uma alta repentina de vendas

O consultor também aborda outra situação em que terceirizar trabalho na marcenaria é necessário: a alta repentina de vendas. Anderson pontua que não é preciso fazer loucuras ou prejudicar projetos em andamento em função de uma demanda inesperada:

Vamos supor que a sua capacidade produtiva seja de até R$ 60.000,00 por mês com 60 dias de prazo. Você já está com R$ 50.000,00 para fabricar e surge uma venda de R$ 30.000,00. Para que não seja preciso aumentar o prazo ou sair de forma desordenada contratando ou mesmo comprando maquinário sem antes se planejar, você pode usar serviços de terceirização para fabricar o excedente.

Para Rios, a terceirização, neste caso, “proporciona atender uma demanda excepcional sem comprometer prazos e sem comprometer o custo fixo, já que os custos de terceirização só existirão quando você realizar o serviço”.

Quando se quer ter acesso facilitado a tecnologias

Outra situação em que é interessante terceirizar o trabalho na marcenaria é facilitar o acesso a tecnologias. O marceneiro nem sempre possui investimento ou tempo suficiente para acessá-las e aprimorar sua produção. 

O criador do Canal Marcenariando traz um exemplo que se encaixa nessas duas hipóteses: as portas de alumínio e acabamentos diversos como laca, folha natural, entre outros. Em sua visão, “ao terceirizar esses produtos o marceneiro ganha em competitividade de prazo aumentando assim seus lucros a curto e médio prazo”.

Terceirizar trabalho na marcenaria é uma prática útil e necessária em algumas situações, como acabamos de demonstrar. Realizar adequações para manter o bom funcionamento de uma empresa é uma ação importante para o gestor. Um dos pontos de atenção é contratar empresas sérias, que cumprem prazos e atendem à demanda da marcenaria de forma exata.

Isso se torna ainda mais relevante em uma marcenaria pequena. Existe o desejo de crescer, otimizar processos, ganhar produtividade e diminuir custos. A terceirização, quando feita com critério, pode trazer esses benefícios.

Veja outras formas de melhorar a gestão na marcenaria familiar!

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar