ForMóbile faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

O que avaliar no planejamento estratégico para arquitetos?

O que avaliar no planejamento estratégico para arquitetos.png
Entenda a importância do planejamento estratégico para os arquitetos e como você pode explorar essa estratégia para crescer no mercado

O planejamento estratégico ajuda as empresas no desenvolvimento de uma identidade e na definição de metas específicas para o futuro. Grande parte das organizações conta com esse planejamento para garantir a eficiência operacional e aumentar a produtividade.

Mas qual é a relação disso com um escritório de arquitetura?

Muitos arquitetos demoram para compreender, mas seus negócios funcionam como qualquer outra empresa – mesmo no caso de empreendedores autônomos. E a aplicação dos princípios do planejamento estratégico podem ajudar a aumentar suas chances de sucesso.

Nunca é tarde demais para organizar e estruturar o seu negócio. Confira logo a seguir as principais informações sobre o planejamento estratégico para arquitetos!

O que é o planejamento estratégico?

O planejamento estratégico é a arte de criar estratégias de negócios específicas, implementá-las e avaliar os resultados da execução do plano. Tudo com base em objetivos ou desejos gerais de longo prazo.

É um conceito que se concentra na integração de várias áreas de um negócio (como contabilidade e finanças, marketing e recursos humanos) que são importantes para atingir seus objetivos estratégicos.

Benefícios do planejamento estratégico para arquitetos

Para compreendermos a importância do planejamento estratégico contamos com a colaboração da Alyne Lopes, sócia-fundadora da ALMA Negócios. Veja um pouco da sua visão sobre o tema:

“O planejamento estratégico é importante para qualquer tipo de segmento e profissional, porque ele vai ser o norte para onde o negócio deseja ir e vai dar a direção para as ações de curto e longo prazo. Por mais clichê que possa parecer essa frase, se torna muito importante para exemplificar a importância do Planejamento Estratégico: quem não sabe para onde ir, qualquer lugar serve.

Sem um planejamento criado, você vai ficar rodando em várias ações isoladas e vai sentir que o negócio não está saindo tanto do lugar. Mire um alvo (objetivo) e corra atrás dele (planos de ação). Isso é planejamento estratégico”.

E Alyne Lopes também complementa com os benefícios do planejamento estratégico para arquitetos:

“No caso de arquitetos, posso dizer que é ainda mais importante, visto que existe um número grande de profissionais e o mercado é ‘vermelho’ em função disso. Você precisa ter um diferencial muito claro para levar até o seu cliente, senão você vai se perder nas centenas e milhares de profissionais que existem. Entenda bem o seu cliente e os desafios que ele tem, a partir disso construa a sua proposta de valor cobrindo o maior número de pontos que você conseguir. Se comunique adequadamente, fale a linguagem do seu cliente. Ter essa sequência de passos organizada e garantindo que nada fique fora do lugar, é a necessidade básica do planejamento estratégico”.

Como implementar um planejamento estratégico?

Acabamos de ver a importância do planejamento estratégico para arquitetos, mas como colocar isso em prática?

O processo de planejamento estratégico requer considerável reflexão e planejamento. Antes de definir um plano de ação e determinar como implementá-lo estrategicamente, é importante avaliar todas as possibilidades e optar pela estratégia com maior probabilidade de produzir resultados positivos.

O desenvolvimento e a execução do planejamento estratégico são normalmente vistos como sendo executados em três etapas críticas:

  1. Formulação de Estratégia. No processo de formulação de uma estratégia, o arquiteto deve primeiro avaliar sua situação atual. O objetivo é ajudar a identificar os pontos fortes e fracos do seu negócio, bem como oportunidades e ameaças. Como resultado da análise, você pode encontrar os melhores caminhos para investir seus esforços e recursos.
  2. Implementação da Estratégia. Depois que uma estratégia é formulada, é preciso estabelecer metas relacionadas à colocação da estratégia em ação e alocar recursos para a execução dessa estratégia. Isso pode incluir o posicionamento no mercado, ações de marketing, relacionamento com clientes, mudanças operacionais e muito mais.
  3. Avaliação da Estratégia. Qualquer empresário experiente sabe que o sucesso de hoje não garante o sucesso de amanhã. Por isso, é importante que o arquiteto avalie o desempenho de uma estratégia escolhida após a fase de implementação.

Quais são as melhores práticas de planejamento estratégico para arquitetos?

Para que você consiga extrair o máximo de seu planejamento estratégico, Alyne Lopes também destacou algumas boas práticas que você pode adotar:

“Saiba o seu ponto A e o seu ponto B, tão simples quanto isso. Saiba aonde você quer chegar (ponto B), seja específico, deixe claro como vai mensurar isso, tenha uma previsão de tempo para atingir isso, pense em algo relevante. Você também precisa saber de onde está partindo (ponto A), quais são os seus maiores recursos para enfrentar o caminho até B? Quais são as suas maiores armadilhas nesse processo? Onde você está inserido no mercado atual da sua região?

Tenha esses pontos claros e entenda os principais gaps entre eles. Estruture o que são as ações que você precisa praticar para minimizar essa distância, vá monitorando o quão longe/perto você está de B e vá ajustando a rota conforme for necessário”.

Você gostou das informações sobre o planejamento estratégico para arquitetos? Você já explora essa estratégia? Deixe o seu comentário!

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar