ForMobile faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

ferragem-movel-multifuncional-formobile

Soluções em ferragens para móveis multifuncionais

Um sofá-cama, sonho de consumo há alguns anos, pode ser considerado o exemplo mais antigo de móvel multifuncional – aquele que, como o nome explica, agrega mais de uma função em um único item. Essa categoria tem evoluído e se consolidado por diversos motivos, entre eles, a redução da metragem dos imóveis e o estilo mais compacto dos cômodos residenciais contemporâneos.

Marceneiros, donos de marcenarias e gestores da indústria moveleira devem estar atentos a esse nicho que permite diversificar portfólio e conquistar novos negócios. Descubra, a seguir, mais informações sobre esse mercado e dicas sobre escolha da ferragem para projetos de móveis multifuncionais. Confira!

Mercado dos móveis multifuncionais para a indústria moveleira

Conforme levantamento da Embraesp (Empresa Brasileira de Estudos de Patrimônio) e compilado pelo Secovi-SP, a área média de imóveis novos em São Paulo foi reduzida em 28% em resposta à grande procura por apartamentos mais compactos. E o mobiliário multifuncional (também conhecido como "Combo Bedroom" na indústria americana) mostra-se uma alternativa eficiente para otimizar esses espaços, agregando, além de utilidade, um toque especial de design.

Segundo a Designer de Produto da AGA Design e da Prince Automação, Aline Gava, a "procura pela ferragem que atenda a diversas funções vem aumentando, principalmente com o lançamento de imóveis com tamanhos cada vez mais reduzidos e que exigem da indústria moveleira um mobiliário que supra as necessidades desse novo perfil de moradores."

Com muita criatividade, designers e a indústria moveleira têm encontrado soluções para desenvolver móveis, ou mesmo cômodos inteiramente multifuncionais e integrados, unindo inteligência, flexibilidade, beleza e praticidade. Esse tipo de solução pode, ainda, ser aplicada com facilidade em ambientes que utilizam do conceito de fun design.

Ferragem para móveis multifuncionais

O sistema utilizado pela indústria moveleira, que permite que o multifuncional se transforme, pode ser mais simples ou complexo, com engrenagens mais avançadas ou uma simples prateleira com corrediça, por exemplo.

Essa é, certamente, uma solução bem mais moderna e prática do que manter uma mesa e um sofá-cama em um ambiente normalmente pequeno. Bastam alguns tipos de ferragem, criatividade e empreendedorismo para se chegar a projetos muito bem resolvidos - e até mesmo simples. No Brasil, é comum que o mobiliário possibilite mais de uma transformação ou mudanças radicais, como um sofá em beliche ou uma escrivaninha em cama.

Uma ferragem que vem conquistando cada vez mais adeptos é a que permite a verticalização de camas, tornando a ocupação do espaço, que é restrito, mais otimizada e eficiente.

Há, também, a que permite adicionar funções à tradicional mesa de centro, transformando-a em mesa de estudo ou trabalho com tampo de altura regulável e espaço com armazenamento interno para livros, controles e demais objetos. Isso é possível por meio de ferragens que incluem braços a gás para a elevação do tampo, hastes sincronizadas, entre outros.

Outro exemplo com procura crescente são os suportes e sistemas elevatórios para TV: esse tipo de ferragem permite que o móvel fique automatizado e, assim, é possível esconder a TV de acordo com a necessidade do cliente.

Os tipos de ferragem necessários para o manuseio dos móveis multifuncionais, quando têm boa qualidade, também agregam um custo levemente maior, dependendo do mecanismo utilizado. Por outro lado, é possível considerar que cada móvel multifuncional representa, na verdade, dois móveis diferentes, o que faz seu preço ficar mais atrativo, além de ser inegável, também, o valor agregado em termos de versatilidade e irreverência.

Gava explica que “o valor de ferragem e acessórios para este tipo de móvel pode inviabilizar um preço de venda para o público das classes C e B. Desta forma, devido ao preço, muitos móveis multifuncionais acabam sendo direcionados às classes A e B+, que acabam comprando os produtos mais pelo design ou charme."

O especialista técnico setorial mobiliário do Sistema Firjan, Hugo Gripa, destaca que “é possível identificar uma série de novas ferragens, dispositivos e acessórios que possibilitam soluções inovadoras para projetos de interiores e de móveis mais dinâmicos, modernos e com múltiplas funções, atendendo a essas novas demandas trazidas pelos móveis multifuncionais.”

Já a professora de Arquitetura da UFPel (Universidade Federal de Pelotas), Franciele Fraga, enfatiza que “quando o quesito é multifuncionalidade, o mais importante é que os tipos de ferragem escolhidos se adaptem às necessidades de design, resistência e funcionamento que o projeto exige. As peças, que podem ser embutidas, promovem um aspecto mais clean aos móveis multifuncionais. Outro quesito fundamental é que esse elemento atenda às necessidades de resistência ao qual será sujeitado”, finaliza.

Uma residência com tamanho reduzido não acarreta em um projeto sem estilo e limitações. Pelo contrário: os imóveis compactos têm estimulado a indústria moveleira a se adaptar a fim de desenvolver soluções, como os móveis multifuncionais, que tragam ainda mais estilo, conforto e praticidade para os ambientes.

Sua indústria moveleira ou marcenaria já trabalha com móveis multifuncionais? Como se dá a escolha da ferragem para esses móveis? Compartilhe nas redes sociais!

formobile_infografico_como-produzir-moveis-para-o-novo-consumidor

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar