ForMobile faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

ferramentas de uma marcenaria

Especialistas apontam os equipamentos essenciais para montar uma marcenaria

Dar o pontapé para montar uma marcenaria envolve avaliações de mercado, estrutura disponível, matéria-prima, além da escolha dos equipamentos que darão forma ao móveis. Para que o novo negócio não comece com prejuízo, é importante direcionar o investimento num maquinário que atenda ao máximo à proposta do empreendimento. Isso quer dizer que é a marcenaria não precisa atender toda demanda que bater à porta, ela pode cuidar de parte do trabalho ou atender um determinado nicho, sendo, então, necessário revistar o plano de negócio e entender quem é seu público, o mercado que deseja atingir e seu processo produtivo.

Hoje em dia, já existem empresas que fazem cortes verticais e outras que fazem corte a laser. Também existem as que cortam todos os móveis para você faça a parte da montagem. Isso faz ponderar o investimento inicial. “Temos uma conta aqui que, dependendo do que se deseja fazer, com R$ 1.400 (sem a plaina elétrica) é possível comprar um kit profissional com furadeira, lixadeira, parafusadeira, serra circular, serra tico-tico, orbital e tupia. E de boa qualidade”, conta o arquiteto Bruno Lima, proprietário da Lab74 - laboratório de mobiliário e escola de marcenaria. Ele ainda diz que esse conjunto de materiais daria para fazer cama de casal king size e guarda-roupa.

Profissionais que desejam dar um passo maior e montar uma marcenaria mais completa, com atuação em escala industrial e atendimento em diferentes frentes, o mercado apresenta muitas ferramentas. Cabine de pintura, desengrossadeira, esquadrejadeira, fresadora copiadora, furadeira, lixadeira, router CNC, seccionadora, serra circular, serra de fita e tupia são 11 peças fundamentais para uma atuação industrial, segundo o engenheiro da Abimad (Associação Brasileira das Indústrias de Móveis de Alta Decoração), Marco Tulio Ferreira. Juntas, podem custar até R$ 250 mil, sem contabilizar o aporte num centro de usinagem.

Mais adiante, é possível chegar à chamada marcenaria moderna, conceito de trabalho altamente produtivo e automatizado de produzir móveis sob demanda. Sua concepção pede três máquinas: seccionadora, coladeira de bordas e centro de usinagem, além de um software de construção de móveis que integre-as. Com todos os processos alinhados, a velocidade de entrega de pedidos pode aumentar em mais de 500%.

formobile_infografico_como-produzir-moveis-para-o-novo-consumidor

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar