• ForMóbile is part of the Informa Markets Division of Informa PLC

    This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

Oportunidades, Tendências

Setor moveleiro é um dos que mais lucra com e-commerce

Atualmente, os meios digitais estão cada vez mais consolidados quando o assunto é venda no setor moveleiro. Tanto é que, de acordo com o estudo “Global Consumer Insights 2018”, elaborado pela PwC, de  2014 a 2018, o número de consumidores que compram online pelo menos uma vez por mês (por meio de smartphones, tablets, PC e wearables) saltou de 58% para 65%. Os bons números não param por aí. Segundo dados da Ebit, produtos da categoria Casa & Decoração estão entre os mais vendidos online no Brasil. Isso há mais de cinco anos. Por essa razão, considerar a criação de um e-commerce moveleiro é fundamental neste setor.

O sucesso do e-commerce no setor moveleiro

O segmento de compras online oferece diversas vantagens, tanto para clientes finais quanto para empresas. Isso por que, o e-commerce torna possível a realização de vendas 24h por dia. E mais, sem limitações geográficas e com total comodidade.  Hoje, no contexto em que o tempo é um ativo a ser valorizado, ele não só agiliza o processo de venda como também o amplia.

“Vejo o e-commerce no Brasil em um ciclo virtuoso. O crescimento é impulsionado por avanços de acesso à internet, sobretudo via celulares e tablets. Além, é claro, do aumento da demanda do consumidor por conveniência”, diz Viviane Vilela, diretora executiva da E-commerce Brasil.

Nesse cenário positivo, a Ebit prevê um crescimento nominal de 12% no faturamento do comércio eletrônico em 2018.  A propósito, a expectativa é atingir um total de R$ 53,5 bilhões. Nesse movimento, a categoria Casa & Decoração deve permanecer bastante aquecida. Para se ter uma ideia, em volume de pedidos, o setor teve um share de 10,9%, sendo o terceiro mais buscado por consumidores. Do mesmo modo, em volumes de venda, o setor moveleiro fica em 5º lugar, com 9,5% – atrás, somente, das categorias de telefonia, eletrodomésticos, eletrônicos e informática. Além disso, cabe ressaltar que, no mesmo período, o mercado de móveis teve um crescimento de 11% no que diz respeito a pedidos e de 29% em faturamento.

A diretora executiva do E-Commerce Brasil destaca alguns aspectos que levaram a isso. “Com o ritmo acelerado dos consumidores, ir às compras, não é mais um ato que demanda sair de casa. Hoje, a internet permite fazer compras onde e quando o cliente deseja. Isso é o que impulsiona as vendas no digital. Comodidade para receber em casa, retirar o pedido em uma loja física mais próxima ou em algum locker”, salienta.

7 dicas para seu e-commerce moveleiro ser bem-sucedido

A partir dessa boa perspectiva, é importante que as empresas do setor moveleiro acompanhem essa tendência de consumo para conquistarem mais negócios. A forma de trabalhar, é claro, vai depender de como a empresa quer ser vista por seus clientes.

1 – Defina entre marketPlace loja online

“É possível fazer essa venda de forma direta nos marketplaces ou ter uma loja online com foco em vendas B2B”, recomenda a especialista.

2 – Pense em escalar as vendas

Para a realização dessas vendas, no entanto, ainda é preciso levar em consideração aspectos como marketing, operações, logística, financeiro e, é claro, gestão de pessoas. No melhor cenário, mais adiante, será possível escalar rapidamente suas vendas.

3 – Foco no cliente

Vale lembrar,  a transação digital no setor moveleiro vai além da aquisição de tecnologias. Assim, a cultura organizacional tem de mudar desde o mindset (modelo mental) do dono e dos gestores até o chão de fábrica.  Além disso, o foco não deve estar apenas no relacionamento com colaboradores e parceiros. Sobretudo, em clientes e com o mercado.

4 – Capriche nos descritivos de produtos

É importante que o e-commerce ofereça medidas corretas e descrições precisas. Dessa forma, o consumidor conseguirá visualizar todos os detalhes antes da compra sem erros.

5 – Estruture a logística

Pensar na logística física também é fundamental. Nesse cenário, a entrega é um dos pontos mais importantes do comércio eletrônico. O setor de móveis e decoração exige soluções bastante eficientes em todos os sentidos, incluindo o custo.

6 – Tenha impostos e taxas sob controle

Fique atento! Entender as regras para ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) é crucial. Assim como os tributos que podem afetar o funcionamento do negócio.

7 – Invista em segurança

Por fim, é importante investir em recursos que garantam a segurança da venda do seu e-commerce moveleiro.  Vale lembrar que certificados de segurança são elementos cada vez mais valorizados pelo consumidor.

Sua empresa pensa em começar uma operação de e-commerce? Quais são suas expectativas em relação a isso? Deixe sua mensagem nos comentários. Participe!

 

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *