• ForMóbile is part of the Informa Markets Division of Informa PLC

    This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

Gestão

Como fazer corretamente o descarte de resíduos sólidos na marcenaria

O descarte de resíduos sólidos é parte da responsabilidade de setores que geram resíduos. Na marceneria, onde resíduos de madeira precisam ser descartados, isso pode soar desafiador. Entretanto, muitas vezes, a empresa não sabe como realizar o descarte de forma correta, alinhado às prescrições legais aplicáveis.

Em São Paulo, por exemplo, estudos constataram que a cidade gerava 500 mil de toneladas de resíduos sólidos perigosos. Em marcenarias, alguns itens merecem atenção especial no descarte. Além do pó de madeira (serragem), restos de montagem, tintas e verniz entram nesse tópico. Realizar corretamente o descarte gera vantagens ambientais e evita problemas como multas e cassações.

Na capital paulista, empresas que não cumprem os requisitos básicos podem ser multadas em até R$ 12 mil reais. A multa é aplicada em quem for flagrado descartando madeiras e entulhos em locais irregulares.

Política Nacional de Resíduos Sólidos

Os restos de madeira não podem ser jogados em lixões ou terrenos baldios. Essa atitude, além de configurar crime ambiental, gera impactos negativos que prejudicam o desenvolvimento sustentável da economia e da biodiversidade. Por isso, o ideal é procurar por empresas especializadas, que possuam um local para descarte adequado e que poderão encaminhar o resíduo para reaproveitamento.

A legislação que rege essa atividade é a Política Nacional de Resíduos Sólidos. A lei 12.305/2010, artigo 9º, impõe uma ordem de prioridade na gestão. Essa ordem parte da não geração até o tratamento dos resíduos sólidos produzidos. Ou seja, diversos itens devem ser respeitados, independentemente da técnica adotada pela empresa.

Além da sustentabilidade e da legislação, há a preocupação com a saúde dos funcionários que trabalham nas marcenarias. Isso porque o acúmulo de pó da madeira pode gerar problemas como irritação nos olhos, no nariz e na garganta. Com isso, em casos mais graves, pode ocorrer uma reação alérgica, doenças pulmonares e até mesmo intoxicação sistêmica.

Descarte de resíduos de madeira

Devido a essa necessidade de correto descarte de resíduos sólidos, empresas como a Fermad Ambiental ganham espaço no mercado. Em São Paulo, tais empresas atuam mediante a fiscalização da CETESB, órgão que estabelece procedimentos para trato ambientalmente adequado dos resíduos sólidos. É o que o explica o administrador da empresa, Márcio Gorgoglione.

“A Fermad coleta a madeira, que é descarregada no pátio da empresa e triturada até virar um pó homogêneo. Posteriormente, ele é direcionado a empresas que irão aproveitar o material na forma de biocombustível”, destaca.

Descarte de tinta, verniz e solventes

Tintas, vernizes e solventes são compostos químicos cujo descarte exige cuidados especiais. Isso porque o descarte incorreto pode causar impactos negativos, como contaminações no solo e nos lençóis freáticos e cursos d’água. Além disso, dependendo da condições, o descarte pode gerar emissão de gases e até mesmo explosões.

Assim como os descartes de madeira, a responsabilidade pelos resíduos de solventes e tintas também é da empresa e seu não cumprimento também pode gerar multas e cassação da licença de funcionamento. Empresas especializadas devem ser contratadas para dar o destino correto para esse resíduo.

Vale lembrar que o descarte das embalagens é tão importante quanto o material em si. Isso porque os resíduos nas latas impedem que esse metal seja reciclado. Uma das melhores abordagens nesse cenário é reduzir o consumo e o desperdício. Por isso, compre apenas a quantidade necessária para cada projeto e certifique-se de utilizar o máximo do produto antes de descartar sua embalagem.

E na sua empresa, como você lida com o descarte de resíduos sólidos? Deixe sua mensagem nos comentários.

Guia rápido da pintura em móveis de madeira

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *